domingo, 12 de dezembro de 2010

Cuidado olhinho com o que vê, pais muito cuidado e atenção com o computador

Tudo o que seu filho quer é achar um joguinho legal do "Ben 10", da Barbie ou do seu desenho favorito, ele coloca apenas o nome dos personagens na busca e....
Pode encontrar muita pornografia!

É muito importante que seu pc tenha filtros para eliminar ao máximo as chances do seu filho ter contato com esse tipo de coisa, e mesmo assim pode acontecer, pois muitas pessoas compartilham até em redes sociais esse tipo de imagem.




Meu sobrinho gosta muito do Ben 10 e estava procurando imagens do desenho quando fiquei horrorizada com o que vi: Os personagens desenhados em cenas pornográficas por adultos devassos que ao meu ver beiram a doentes, pois afinal, vamos ponderar:

-Ben 10 é um desenho para crianças pequenas, na faixa etária dos 3 a 9 anos de idade, e não desenho adulto, porque homens adultos se interessam em ver um desenho infantil com personagens que também são jovens de uma forma pornográfica? Porque fariam isso?
Seriam eles pedófilos com desejo de ver um desenho infantil praticando atos obscenos, personagens crianças em práticas proibidas, ou o desejo é de atrair o publico infantil com essas imagens?
Não que isso seja uma acusação, mas uma ponderação de qual seria a motivação de transformar e usar um desenho inocente dessa forma.
Com isso e muito mais que a gente vê por aí, concluo que o mundo está perdido mesmo, e que a internet está praticamente dominada, não consegui nem postar as fotos aqui pois o conteúdo era muito forte.


Escrevo esse post para alertar os pais que mesmo quando seu filho não tem intenções erradas, e está procurando algo inocente para se divertir, e que faz parte do mundo dele, próprio para a sua idade, ele pode encontrar coisas inapropriadas e que chamam a sua atenção.

-Busque ter filtros anti-pornografias.
-O acompanhe e fique de olho enquanto ele estiver "explorando" a internet e brincando no computador.
-Converse com ele de forma saudável e no momento certo sobre questões sexuais, afinal, a curiosidade uma hora chega, a escola tem "passe livre" hoje para abordar o que quiser e da forma como quiser, e ele precisa ter um referencial do correto que é sua obrigação de pai fornecer.



Postar um comentário